setembro 03, 2008

3 anos | years

O C. não tem qualquer interesse pelas arts and crafts, mas procura-me revistas nos quiosques dos aeroportos por onde passa. Morre de medo que eu insista em lhe tricotar um cachecol, mas oferece-me novelos no Natal. Tem verdadeiro asco pela minha colecção de botões ("que nojo, isso deve ter sido desenterrado nalgum cemitério"), mas é capaz de palmilhar quilómetros comigo à procura de retrosarias nos cantos mais estranhos do mundo. Não faz ideia do que significa a palavra patchwork, mas traz-me uma máquina de costura de comboio (quase) sem reclamar.
C. has no interest whatsoever in the arts and crafts, but he brings me crafts magazines from his business trips. He is very much afraid I'll insist in knitting him a scarf, but he buys me yarn for Christmas. My button collection makes him sick, but he can walk miles and miles with me searching for buttons' shops in the strangest places in the world. He doesn't know what patchwork means but he brings me home a sewing machine by train (almost) without complaining.

13 comentários:

  1. How sweet!

    I just found our third year travel photos - 1988. We were all so young!

    May the force be with you!

    ResponderEliminar
  2. Ah!Eu adorei a foto o texto...que romântico!Estou sensível esses dias, mais do que o normal...vocês me fizeram chorar...de alegria!

    "Um amor puro, tão puro..." como canta Djavan

    Felicidades!!! Da Rê e do Gato Mor

    ResponderEliminar
  3. Understanding husbands are the best! I have one, too.

    ResponderEliminar
  4. A tudo isso chama-se Amor... eu tenho um assim há 34 anos.
    Parbéns aos dois e muitas felicidades.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Iso é que é um homem com H grande!!

    Eu tenho a mesma sorte :)

    ResponderEliminar
  6. É mesmo assim que as "peças" se encaixam, como as vossas mãos, num momemnto lindo!
    Bj de parabéns!

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde Joana

    Obrigada pelo elogio aos gatos...

    Gostei de conhecer o seu espaço.

    Já agora, se gosta de retrosarias antigas e botões e se puder deslocar-se, experimente uma excepcional retrosaria antiga que existe em Figueiró dos Vinhos e que pertence à D. Zila. É um assombro. Devia fazer parte de roteiros turísticos, daqueles, vá para fora cá dentro. Quanto a mim, quando vi essa loja, esqueci-me de tudo o resto. Uma verdadeira relíquia do passado.
    Também não gosto do acordo ortográfico e nem com grande vontade de aprendê-lo. Há que, diga que, burro velho, não aprende...
    Saibe também que, em Figueiró dos Vinhos existe uma casa que é a Casa dos Leitões, que vende, entre outras, sandes com molho!!! São mesmo sandes com as aparas da carne assada e molho. Passe por lá um dia, visite e experimente, servidas com o molho ainda quentinho. Temos coisas maravilha que nos passam mesmo ao lado.
    A feira da Conde Valbom já tem uns anitos mas para mim, só para lavar as vistas. Gosto de frequentar para ver se encontro objectos iguais aos meus. Sou fã de velharias...

    Boa Páscoa

    Isabel Tiago

    ResponderEliminar