dezembro 28, 2007

outra versão...

aqui.

em directo

A aprender a fazer ripple crochet (crochet ondulado?) aqui.

dezembro 20, 2007

flocos de neve

Afinal optei pela versão simplificada do que tinha imaginado para a árvore de natal deste ano. Os planos de revestir o galho com tecidos terão de aguardar por natais futuros.


Os "flocos de neve" são paninhos de croché engomados como se fazia antigamente, com água e farinha, para ganharem consistência. Comprei-os por uma ninharia numa feira de velharias. Inventei uma história para eles:

A Menina Deolinda começou a fazer o enxoval aos catorze anos. Aprendeu a bordar e a fazer croché com a Tia Alzira, solteirona de ouvido tísico e vista apurada. Bordou duas dúzias de lençóis, quatro toalhas de mesa, vários conjuntos de naperons. A colcha e a toalha de mesa para as datas especiais fê-las em croché. Com oito paninhos redondos em croché fino deu por terminado o enxoval e declarou-se pronta para casar. Apareceram vários pretendentes, mas o escolhido foi o José, jovem e promissor funcionário da CP. Mudaram-se para a estação dos caminhos-de-ferro de Caxarias e a Senhora Deolinda viu a vida passar à velocidade que via passar os comboios sob as suas janelas. Vieram os filhos, cresceram os filhos, partiram os filhos para longe. O enxoval nunca abandonou o fundo da arca. As ocasiões especiais nunca foram suficientemente especiais. As visitas dos filhos foram sendo cada vez mais espaçadas.
O tempo passa. O Senhor José reforma-se e morre passados poucos anos. A Senhora Deolinda segue-o pouco tempo depois. Os filhos voltam à casa onde cresceram, mas que poucas recordações lhes traz, e decidem vender tudo.
Os oito paninhos redondos vivem agora na minha árvore de natal. As outras coisas não sei.

dezembro 18, 2007

chegou!

Finalmente a máquina que tanto costurou nas mãos da minha avó já está pronta. Como não me conseguia entender com o pedal, mandei colocar um motor. Descobri, no site da Singer, que foi feita na Escócia em Janeiro de 1965, o que significa que já trabalhava há onze anos quando eu nasci. Agora há que começar o processo de aprendizagem mas, por enquanto, vou-me dando por satisfeita se conseguir enfiar a agulha. Bem me tentaste ensinar, avózinha, mas o maldito do pedal não deixou!
(Hei-de tirar uma fotografia melhor dentro em breve...)

dezembro 17, 2007

de volta

Adoro viajar. Seja para onde for.

Ao contrário do que acontece na rotina do dia-a-dia, em que os dias se sucedem sem deixar grandes marcas, em viagem todos os dias são memoráveis.
As viagens ajudam-me a construir um passado que posso visitar sempre que folheio o álbum das fotografias. Um passado bom.
Por mais fascinante que seja o resto do mundo, tenho a certeza que a Europa é o meu lugar. Gosto da elegância das cidades milenares, do cinzento frio dos edifícios de pedra, da sensação reconfortante de saber que é fácil voltar para casa.
Viajar faz-me sentir mais viva.

dezembro 10, 2007

dezembro 07, 2007

mais uma noitada


A parte da tinta continua a dominar os meus serões e, por um lado, ainda bem que assim é. No entanto, anseio por mais tempo para me dedicar à linha. Os botões clamam por atenção, os tecidos definham sob o peso uns dos outros, as linhas contorcem-se de desespero. E os metais? Desses nem se fala! As agulhas encostam-se entre sí para se aquecerem, as tesouras suspiram pelos dias em que sentiam o calor das minhas mãos. Sei de fonte segura que os alfinetes andam com ideias de um suicídio em massa... Não desesperem amigos, mais umas semaninhas e estaremos juntos de novo!

dezembro 05, 2007

update

Esta e outra bicharada, que ainda não está pronta, fará parte de um trabalho sobre a Ria de Aveiro.

dezembro 03, 2007

livros

Hoje no correio foi assim:

Ainda bem que existe a internet, ainda bem que existem os cartões de crédito e ainda bem que eu não tenho medo de os usar em conjunto!

a vida é bela

Cinema, ikea, feira da ladra, jantar com amigos, joguinho, feira de crafts do jardim da estrela, exposição. Tudo na melhor companhia do mundo. A vida é bela... principalmente ao fim-de-semana!



Segundo o Trivial Pursuit, as toupeiras estão adaptadas à vida aquática. Imagino qualquer coisa deste género. Está-se sempre a aprender!

novembro 30, 2007

sem palavras

Sérgio Godinho ao vivo! As palavras ficam para mais tarde... agora não é possivel.

novembro 29, 2007

novembro 27, 2007

ilustração científica

O meu interesse pela ilustração científica surgiu estava eu no segundo ano do curso de Biologia. Vi o anúncio de um curso de iniciação à ilustração a preto e branco e resolvi inscrever-me. Como sempre gostei coisas miudinhas para as quais é necessária muita paciência, e esta é sem dúvida uma delas, abracei desde logo o desafio. De lá para cá, sempre que tenho oportunidade tento dedicar-me mais um pouco aos rabiscos. Se quiserem apreciar ilustração científica a sério sugiro uma espreitadela ao blog do Filipe Franco. A Joana já o fez e, pelos vistos, gostou!

novembro 24, 2007

segunda tentativa...


A Beth, do outro lado do Atlântico, e a Mãe, de quatro, serão as felizes contempladas com um presente surpresa meu. Não anda por aí mais nenhum candidato? Preciso do terceiro elemento para cumprir a minha parte do prometido! É tão simples... basta deixar um comentário neste post.

a bicharada cá de casa


Mia
Se não fosse um gato seria: uma hiena
Personalidade: colérica
Relacionamento com os outros: inexistente
Relacionamento comigo: pensa que sou uma almofada
Prato favorito: elásticos do cabelo e sacos de plástico
Actividade favorita: tomar banhos de sol


Farrusquinho
Se não fosse um gato seria: um urso panda
Personalidade: pachorrento
Relacionamento com os outros: amoroso
Relacionamento comigo: não me distingue dos outros
Prato favorito: muita comida de gato com molho
Actividade favorita: corridas no terraço vizinho


Rosa
Se não fosse uma aranha seria: uma aranha
Personalidade: selvagem
Relacionamento com os outros: não mantém
Relacionamento comigo: não mantém
Prato favorito: grilos vivos
Actividade favorita: ficar paralisada no mesmo sítio durante dias

novembro 23, 2007

um ínfimo pedacinho de mim



Um fio do meu cabelo ampliado 1000 vezes!

novembro 21, 2007

uma ideia para dias de chuva




Agora que a época das constipações está a chegar, aqui fica uma ideia para o aproveitamento dos tubos das pastilhas efervescentes. Utilizei linha de croché matizada e ponto baixo. Para embelezar, uma libelinha! As agulhas de croché ficam arrumadinhas e protegidas, pois a tampa está cheia de silica gel que absorve a humidade.

exercício


Duas versões do mesmo.

novembro 20, 2007

a ilha onde os homens tricotam...


Taquile é uma maravilhosa ilha na metade peruana do Lago Titicaca. Aqui o tricot desempenha um papel fundamental: dificilmente se encontra um habitante local que não envergue uma qualquer peça de roupa feita de colorida lã tricotada. Curiosamente, as mulheres são fiandeiras e os homens é que tricotam. É facil encontrá-los a tricotar intrincados padrões enquanto caminham e conversam.



A cor dos gorros que os homens usam diariamente obedece a um código seguido à risca. Por exemplo, se um homem usar um gorro metade branco, metade vermelho e com um pompom branco significa que é solteiro. Se o gorro for totalmente vermelho, então trata-se de um homem casado. A faixa que trazem à cintura e respectiva bolsa, onde guardam as hojas de coca, também obedecem a um código: apenas os homens casados as podem usar.

É um sítio deslumbrante, não só pela sua inesquecível beleza como pela simpatia e generosidade dos seus habitantes. Espero lá voltar um dia!

No mesmo lago vivem os Uros, mas isso fica para outra oportunidade...

novembro 19, 2007

pausa...

para descansar.

Quando a vontade não é muita, torna-se complicado fazer alguma coisa de jeito.

novembro 18, 2007

Kiva, uma ideia brilhante!


A Kiva.org é uma organização sem fins lucrativos que nos permite fazer um pequeno empréstimo sem juros a pessoas menos favorecidas dos paises em vias de desenvolvimento (microcrédito). Cada um de nós pode ajudar a financiar um pequeno negócio - comprar uma máquina de costura, gado, etc. - e com isso fazer com que essas pessoas tenham um meio de subsistência. Quando o pequeno negócio começar a dar lucro, o dinheiro é-nos restituido ou podemos continuar a ajudar mais pessoas.

A meu ver, ganharei mais em emprestar $25 para ajudar a construir o futuro de uma família, do que ganharia em juros por manter esse dinheiro no banco.

I wanted to let you all know about a cool non-profit that is doing great things: Kiva.org

Kiva.org is a non-profit that allows you to make a small 0% loan to low income entrepreneurs in the developing world (microfinance). Individuals like you can help provide affordable working capital for the poor -- money to buy a sewing machine, livestock, etc. -- and empower them to earn their way out of poverty. When your Kiva loan is repaid, you can choose to withdraw your funds or re-loan to a new business.

The way I see it, I get a higher return on $25 helping someone build a future than the interest my checking account pays.


Thanks for reading! And feel free to spread the word!!

novembro 17, 2007

à D. Adélia


A D. Adélia anda pelos setentas. A D. Adélia trabalha desde os doze. A D. Adélia começou a coleccionar botões aos doze. A D. Adélia só tem uma filha. A filha da D. Adélia não quer saber de botões. Conheci a D. Adélia numa feira de velharias há dois anos. Estes botões eram o que restava da colecção da D. Adélia. São de porcelana, são lindos e são meus. Pelo menos nos próximos quarenta anos...

novembro 16, 2007

sei que o frio chegou quando...


a Mia se deixa ficar no conforto dos lençóis de manhã!

Apesar do meu blog ser praticamente desconhecido, aderi ao “movimento” "Pay it Forward" quando deixei um comentário no blog da Belém. Nos próximos seis meses vou enviar um presente surpresa (espero não demorar assim tanto), às três primeiras pessoas que deixarem um comentário neste post. Só terão depois de fazer o mesmo no seu blog. Agora só me resta esperar pelos comentários!

novembro 15, 2007

decididamente hoje não estou nos meus dias...

ou deveria dizer "noites"?

e esta?!

Este gastrópode não saiu exactamente como o previsto. Sou capaz de ter inventado uma espécie nova! Aceitam-se sugestões para nomes...

novembro 14, 2007

finalmente

consegui colocar uma foto no perfil... UFA!

novembro 12, 2007

2 anos depois...

Vamos lá a ver se agora é que é! Tenho andado ocupada com coisas como estas:



que, apesar de gostar muito de as fazer, me têm afastado de coisas como estas: