dezembro 07, 2007

mais uma noitada


A parte da tinta continua a dominar os meus serões e, por um lado, ainda bem que assim é. No entanto, anseio por mais tempo para me dedicar à linha. Os botões clamam por atenção, os tecidos definham sob o peso uns dos outros, as linhas contorcem-se de desespero. E os metais? Desses nem se fala! As agulhas encostam-se entre sí para se aquecerem, as tesouras suspiram pelos dias em que sentiam o calor das minhas mãos. Sei de fonte segura que os alfinetes andam com ideias de um suicídio em massa... Não desesperem amigos, mais umas semaninhas e estaremos juntos de novo!

4 comentários: